Disciplina: Filosofia 0 Curtidas

Eu poderia concluir que a raiva é um pensamento, que estar - ENEM 2023

Questão 54 - Caderno Azul
Atualizado em 29/02/2024
Continua após a publicidade..

Eu poderia concluir que a raiva é um pensamento, que estar com raiva é pensar que alguém é detestável, e que esse pensamento, como todos os outros — assim como Descartes o mostrou —, não poderia residir em nenhum fragmento de matéria. A raiva seria, portanto, espírito. Porém, quando me volto para minha própria experiência da raiva, devo confessar que ela não estava fora do meu corpo, mas inexplicavelmente nele.

No que se refere ao problema do corpo, a filosofia cartesiana apresenta-se como contraponto ao entendimento expresso no texto por

MERLEAU-PONTY, M. Quinta conversa: o homem visto de fora. São Paulo: Martins Fontes, 1948 (adaptado).

  1. apresentar uma visão dualista.

  2. confirmar uma tese naturalista.

  3. demonstrar uma premissa realista.

  4. sustentar um argumento idealista.

  5. defender uma posição intencionalista.

Continua após a publicidade..

Solução

Alternativa Correta: A

O fenomenólogo Merleau-Ponty, no texto, busca mostrar como a raiva é uma experiência simultaneamente do espírito e do corpo. Assim, ele transcende a dualidade cartesiana segundo a qual o mundo revela duas realidades: a coisa pensante e a matéria.

Resolução adaptada de: Curso Objetivo

QrCode Estuda por aqui

Ajude-nos com uma doação!

Nós trabalhamos duro para manter este site e oferecer conteúdo de qualidade gratuitamente. Se você gostou do que oferecemos, por favor, considere fazer uma doação de qualquer valor através do PIX para nos ajudar a manter o site funcionando. Sua contribuição é muito valiosa para nós!
Chave PIX: contato@estudaporaqui.com.br
Recebedor: Wesley Rodrigues

Área do Conhecimento: Ciências Humanas e suas tecnologias

Ano da Prova: 2023

Nível de Dificuldade da Questão: Médio

Assuntos:

Descartes,

Revolução Científica

Vídeo Sugerido: YouTube

Ainda não há comentários.

Autenticação necessária

É necessário iniciar sessão para comentar

Entrar Registrar