Disciplina: Língua Portuguesa 0 Curtidas

O meu nome é Severino, não tenho outro de pia. Como há - ENEM 2011

Questão 99 - Caderno Azul
Atualizado em 29/02/2024
Continua após a publicidade..

TEXTO I

O meu nome é Severino,
não tenho outro de pia.
Como há muitos Severinos,
que é santo de romaria,
deram então de me chamar
Severino de Maria;
como há muitos Severinos
com mães chamadas Maria,
fiquei sendo o da Maria
do finado Zacarias,
mas isso ainda diz pouco:
há muitos na freguesia,
por causa de um coronel
que se chamou Zacarias
e que foi o mais antigo
senhor desta sesmaria.
Como então dizer quem fala
ora a Vossas Senhorias?

MELO NETO, J. C. Obra completa. Rio de Janeiro: Aguilar, 1994 (fragmento).

TEXTO II

João Cabral, que já emprestara sua voz ao rio, transfere-a, aqui, ao retirante Severino, que, como o Capibaribe, também segue no caminho do Recife. A auto-apresentação do personagem, na fala inicial do texto, nos mostra um Severino que, quanto mais se define, menos se individualiza, pois seus traços biográficos são sempre partilhados por outros homens.

Com base no trecho de Morte e Vida Severina (Texto I) e na análise crítica (Texto II), observa-se que a relação entre o texto poético e o contexto social a que ele faz referência aponta para um problema social expresso literariamente pela pergunta “Como então dizer quem fala / ora a Vossas Senhorias?”. A resposta à pergunta expressa no poema é dada por meio da

SECCHIN, A. C. João Cabral: a poesia do menos. Rio de Janeiro: Topbooks, 1999 (fragmento).

  1. descrição minuciosa dos traços biográficos do personagem-narrador.

  2. construção da figura do retirante nordestino como um homem resignado com a sua situação.

  3. representação, na figura do personagem-narrador, de outros Severinos que compartilham sua condição.

  4. apresentação do personagem-narrador como uma projeção do próprio poeta, em sua crise existencial.

  5. descrição de Severino, que, apesar de humilde, orgulha-se de ser descendente do coronel Zacarias.

Continua após a publicidade..

Solução

Alternativa Correta: C

Quem fala em Morte e Vida Severina é o retirante, Severino, que é símbolo de todos os excluídos que migram para buscar melhor condição de vida: “há muitos Severinos”.

Créditos da Resolução: Curso Objetivo

QrCode Estuda por aqui

Ajude-nos com uma doação!

Nós trabalhamos duro para manter este site e oferecer conteúdo de qualidade gratuitamente. Se você gostou do que oferecemos, por favor, considere fazer uma doação de qualquer valor através do PIX para nos ajudar a manter o site funcionando. Sua contribuição é muito valiosa para nós!
Chave PIX: contato@estudaporaqui.com.br
Recebedor: Wesley Rodrigues

Área do Conhecimento: Linguagens Códigos e suas tecnologias

Ano da Prova: 2011

Nível de Dificuldade da Questão: Difícil

Assuntos: Pós-Modernidade

Vídeo Sugerido: YouTube

Ainda não há comentários.

Autenticação necessária

É necessário iniciar sessão para comentar

Entrar Registrar