Disciplina: Direito Administrativo 0 Curtidas

FGV - O presidente da Câmara Municipal de Aracaju deve anular seus

O presidente da Câmara Municipal de Aracaju deve anular seus próprios atos quando eivados de vícios de legalidade, bem como pode revogá-los por motivos de oportunidade ou conveniência, respeitados os direitos adquiridos, em razão do princípio da administração pública da:

  1. legalidade, não podendo o controle ser feito de ofício;

  2. autotutela, podendo o controle ser feito, inclusive, de ofício;

  3. eficiência, não podendo o controle ser feito de ofício;

  4. impessoalidade, devendo o controle ser feito por provocação da parte interessada;

  5. razoabilidade, podendo o controle ser feito, inclusive, de ofício, no prazo decadencial de noventa dias.


Solução

Alternativa Correta: B

PRINCÍPIO DA AUTOTUTELA: Significa que a Administração Pública possui o poder-dever de rever os seus próprios atos, seja para anulá-los por vício de legalidade, seja para revogá-los por questões de conveniência e de oportunidade.

OBS: O poder-dever de autotutela da Administração Pública impõe o dever de anulação de atos ilegais e a possibilidade de revogação de atos inconvenientes e inoportunos.

SÚMULA 473 do STF: A administração pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornam ilegais, porque deles não se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de conveniência ou oportunidade, respeitados os direitos adquiridos, e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judicial.

SÚMULA 346 do STF: A Administração Pública pode declarar a nulidade dos seus próprios atos.

Resolução adaptada de: QConcursos

Banca Examinadora: FGV

Ano da Prova: 2021

Assuntos: Regime Jurídico Administrativo

Vídeo Sugerido: YouTube

Ainda não há comentários.

Autenticação necessária

É necessário iniciar sessão para comentar

Entrar Registrar